Halloween 3: A Noite das Bruxas (1982)

Padrão

Halloween III - A Noite das BruxasFazer um filme da série Halloween sem o Michael Myers? Pode não, amiguinho. Conta-se que, após a morte do personagem no final do O Pesadelo Continua, a intenção do produtor John Carpenter era prosseguir com a franquia, sem o Myers, contando novas histórias de terror ambientadas naquele mesmo mundo. O primeiro longa desse projeto, A Noite das Bruxas, foi tão mal recebido pelo público que o Carpenter foi praticamente obrigado a ressuscitar o assassino e trazê-lo de volta no Halloween 4. Aqui, engrosso o coro da rejeição e digo-lhes o porque de Halloween 3 ter se tornado o meu novo “pior filme que vi na vida”. Texto com SPOILERS.

Faltam 8 dias para o Halloween, Halloween, Halloween! Faltam 8 dias para o Halloween, Halloween, Halloween, SILVER SHAMROCK! Enquanto eu me perguntava que diabos era Silver Shamrock e tentava furar os tímpanos para não escutar mais essa música, top 10 coisas irritantes que ouvi na vida, vi surgir na tela um sujeito desesperado correndo de um carro. Após despachar um de seus seguidores em uma das piores cenas de luta corporal já feitas, ele esconde-se em um posto de gasolina e liga para a polícia com um terrível aviso: todos, TODOS morrerão!

Sem o assassino de Haddonfield à solta para provocar o pânico das mocinhas de sutiã generosos, a solução encontrada pelo diretor e roteirista Tommy Lee Wallace para realizar essa sequência foi investir em uma conspiração para matar criancinhas no dia de Halloween. O arauto do apocalipse do começo do filme é assassinado posteriormente em um hospital (e quem assiste Game of Thrones certamente lembrará do episódio The Mountain and the Viper) e o médico de plantão (Tom Atkins), desconfiando das circunstâncias que envolveram a morte, junta-se a filha do falecido (Stacey Nelkin) para uma investigação. Sai, portanto, a proposta de “quem será a próxima vítima”, mote típico dos slasher movies, entra algo do tipo “oh meu deus, o que está acontecendo?”, pegada mais característica dos filmes de suspense. Funcionou? Não, caras, deu ridiculamente errado.

Halloween 3 - A Noite das Bruxas - Cena 3De conexões com seus antecessores,  A Noite das Bruxas traz o tema (o feriado de Halloween) e a transmissão do filme original em uma TV em uma determinada parte da trama. Só. O resto é um emaranhado de ideias mequetrefes que foram vendidas a preço de ouro para os fãs da franquia. Eis algumas das bizarrices que podem ser vistas por aqui:

  • A pior cena de luta corporal já feita: Ok, devem existir lutas tão ou mais piores do que essa em outros filmes obscuros por aí, mas é impossível não rir do quão ruim é a sequência que abre o filme. Depois de tropeços, sopapos e tentativas de enforcamento, a briga é decidida por um carro (!) que esmaga o bandido. É importante salientar que o tal carro, que estava inerte, rola apenas uns 2 metros antes de colidir com o cara e ESMAGÁ-LO. Tentem visualizar a situação e compreendam a finesse da coisa toda.
  • Chupada no peitinho: Até mesmo Connor MacLeod, o maior entendedor desse assunto polêmico, ficaria revoltado com a canastrice da única cena de nudez de A Noite das Bruxas. Não há absolutamente NENHUMA química entre os atores Tom Atkins e Stacey Nelkin e ver o primeiro, com seu bigodão mercuriano, lambendo meio que a contra gosto o mamilo da segunda é deveras broxante. O preço pela visão parcial do peitinho (ão) da atriz, aliás, acaba sendo caro demais: ao levantar-se após o vuc vuc, Atkins nos mostra sua horrorsa bunda branca. ARGH!

Halloween 3 - A Noite das Bruxas - Cena 2

  • Vilão fofoqueiro bobão: Michael Meyrs é um psicopata que usa uma máscara do William Shatner e isso é algo difícil de ser superado, mas substitui-lo por um velho almofadinha matador de criancinhas foi imperdoável. As investigações levam o casal até uma cidadezinha no interior de onde uma fábrica exporta máscaras de Halloween para o resto do país. Essas máscaras possuem dispositivos que, se colocados na frente da TV durante a propaganda da empresa (a tal Silver Shamrock), provocarão a morte de quem as estiver usando (a pessoa apodrece instantaneamente e, de dentro dela, saem insetos e cobras rs). Esse plano maligno, o magnata explica didaticamente, é uma volta ao verdadeiro significado da festa de Halloween. A ideia em si não é ruim, mas a execução é sofrível: o ricaço, que até então matara de imediato todos aqueles que descobriram seus planos (incluindo o doidão que aparece fugindo no início e uma loira em um hospital), faz uma tour ridícula e sem propósito com os personagens por sua fábrica explicando seus intentos. Aqui fica difícil esquecer o Meyrs e seu pragmatismo “movimentou = morreu”.

Halloween 3 - A Noite das Bruxas - Cena 4Ainda que eu tenha gostado do final aberto que deixa a gente sem saber se, de fato, todas as criancinhas foram ou não mortas por máscaras de Halloween assassinas (rs), não posso esconder a minha preguiça para com a cena que antecede a conclusão. O tal médico consegue escapar da fábrica (que, obviamente, explode) e, tal qual o maluco do começo, vê-se envolvido em uma luta corporal tosca com …. adivinhem…. sua própria namorada que fora transformada em um robô assassino! Caras…. nem sei mais o que dizer. Halloween 3: A Noite das Bruxas é um sub produto sem vergonha de uma franquia mediana, um filme que fez por merecer todas as críticas que recebeu na época de seu lançamento e cujo único mérito foi comprovar a necessidade do Meyrs na série.

Halloween 3 - A Noite das Bruxas - Cena

Anúncios

»

  1. ae eu gosto muito do seu blog ta faltando voce escrever sobre os filmes de ação heim.
    De volta ao jogo, Taken 3, Velores e Furiosos etc.

  2. Pingback: Halloween 4: O Retorno de Michael Myers (1988) | Já viu esse?

  3. Pingback: Livide (2011) | Já viu esse?

  4. Pingback: Halloween 5 – A Vingança de Michael Myers (1989) | Já viu esse?

  5. Pingback: Halloween 6: A Última Vingança (1995) | Já viu esse?

  6. Pingback: Halloween H20 – Vinte Anos Depois (1998) | Já viu esse?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s