Desejo de Matar 3 (1985)

Padrão

Meus amigos… Antes de transformar em palavras toda a minha incredulidade e empolgação, recapitulo a trajetória de Paul Kersey (Charles Bronson): Em Desejo de Matar, Kersey começa a matar bandidos aleatoriamente na noite novaiorquina após ver sua mulher ser morta por um deles. Kersey muda-se para Los Angelse e volta a matar para vingar a morte da filha e da nova namorada em Desejo de Matar 2. Esse terceiro filme começa com o personagem retornando para Nova York para visitar um amigo. Pergunta rápida: O que acontece em seguida?

  • Após encontrar esse amigo, eles seguem juntos para a praia de Zihuatanejo e reformam um barco.
  • Velhos e cansados, os dois amigos organizam uma lista e viajam pelo mundo realizando seus últimos desejos.
  • O amigo é morto por bandidos e Kersey começa a matar novamente.

Tendo trabalhado todo o potencial de sua crítica social envolvendo o vigilantismo no primeiro filme e repetido isso no segundo, o diretor Michael Winner resolveu simplificar as coisas em Desejo de Matar 3. Kersey, que é acusado pela polícia de NY de ter matado o amigo, é solto com a condição de diminuir os níveis altíssimos de criminalidade da cidade. Instalando-se no apartamento do velho amigo, ele faz amizade com alguns vizinhos e começa a matar os bandidos que infestam as ruas da cidade.

Para passar o que eu senti assistindo esse filme, não é necessário usar elogios exagerados, rir de/ou ironizar certas cenas. DESCREVER o que rola no filme já é o suficiente:

  • Os bandidos atingidos pela Wildley de Kersey não caem, eles voam.
  • Uma advogada apaixona-se por Kersey após vê-lo apenas duas vezes. Lembrando, Kersey é interpretado pelo Charles Bronson.
  • TODOS os cidadãos mortos pelos bandidos são velhinhos inocentes ou patrióticos veteranos condecorados de alguma guerra.
  • TODOS os criminosos são drogados e tatuados. No bairro onde passa-se o filme, eles existem na proporção de 10 para cada 1 cidadão honesto.

Desejo de Matar 3 é daqueles filmes cuja apreciação depende muito da forma como tu decide encará-lo. Visto buscando um bom argumento e boas atuações, ele é um lixo completo. Analisando-o como aquilo que ele explicitamente demonstra ser, um testosterona total, ele é uma obra de gênio. Bronson, que na época já era um senhor de 64 anos de idade, corre atrás de bandidos, namora, convida-se para almoçar na casa dos vizinhos, enfrenta gangues de motoqueiros arruaceiros cuja origem ninguém consegue explicar e, após um tiroteio épico ocorrido em meio a uma verdadeira guerra civil, atira com um lança foguetes NA CARA no rosto de um marginal. Não dá para ficar indiferente a isso, Bronson é rei e Desejo de Matar 3 revelou-se um de seus filmes mais divertidos.

Anúncios

»

  1. Pingback: Desejo de Matar 4 – Operação Crackdown (1987) « Já viu esse?

  2. Pingback: Desejo de Matar 5 – A Face da Morte (1994) « Já viu esse?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s