A Lenda do Tesouro Perdido – Livro dos Segredos (2007)

Padrão

Nicolas Cage volta a interpretar Ben Gates na sequência do aclamado A Lenda do Tesouro Perdido. Livro dos Segredos é um filme repleto de cenas de ação de tirar o fôlego, boas interpretações e, o melhor de tudo, uma história cheia de reviravoltas e referências históricas. Imperdível!

Desconsiderem o primeiro parágrafo. Ele é uma ironia oriunda do desespero de ficar olhando para a tela do computador por 10min e não saber o que escrever. Isso não quer dizer que o filme seja ruim. Nenhum filme produzido pelo Jerry Bruckheimer (Piratas do Caribe, Top Gun, Um Tira da Pesada, Aprendiz de Feiticeiro) é ruim. Só que também não  é um indicativo de que seja bom.

A desculpa para a aventura dessa vez é que estão tentando atribuir a um antepassado de Ben Gates (Cage) a acusação de ter participado do assassinato do ex-presidente americano Abraham Lincoln. Gates inicia uma busca por documentos que comprovem a inocência de seu parente e descobre pistas que podem levar a um tesouro escondido. Seguem-se perseguições de carro, cenas onde a polícia é passada para trás, vilões gananciosos e um pouco de história.

A Lenda do Tesouro Perdido – Livro dos Segredos é o típico filme “legalzinho”. Os personagens são “engraçadinhos”, a história é “divertidinha” e as cenas de ação são “bem-feitinhas”. Tenta ocupar o lugar no nosso coração que um dia foi do Indiana Jones, mas convenhamos, Jon Turteltaub não é Steven Spielberg e o N. Cage não serve para lamber os pés do Harrison Ford. Para não falar que não há nada que seja realmente bom, Livro dos Segredos mostra a História como algo interessante e divertido e pode despertar no espectador a vontade de ler e conhecer mais coisas. O efeito, claro, seria colateral, já que o cinema de produtor é feito EXATAMENTE para quem reclama de um texto com mais de 140 caracteres.

Who the fuck is Ben Gates?

Who the fuck is Ben Gates?

Anúncios

»

  1. Pingback: Speed Racer (2008) « Já viu esse?

  2. Pingback: Despedida em Las Vegas (1995) « Já viu esse?

  3. Pingback: Mad Max: Estrada da Fúria (2015) | Já viu esse?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s