Renaissance (2006)

Padrão

Me deparei com o pôster desse filme há algumas semanas no IMDB enquanto procurava informações do Appleseed: Ex Machina e fiquei imediatamente interessado: Renaissance é uma animação futurista feita e ambientada na França que chama a atenção por seu visual estiloso obtido através do uso de CG e fotografia preto e branco.

No ano de 2054, a França é um local dominado por grandes corporações que vigiam e controlam a vida dos cidadãos através de um sistema de câmeras. Avalon é uma das empresas mais poderosas nesse período, a responsável por vender sonhos de beleza e juventude para a população. Uma das funcionárias de Avalon é sequestrada e o detetive Karas (!) é encarregado de encontrá-la. O que parecia ser uma investigação de rotina revela planos que podem mudar o destino de toda a humanidade.

Dessa vez, vou tentar não me prender muito no roteiro, vou me limitar a dizer o óbvio: a história é manjada e não está à altura da qualidade visual da animação. Renaissance, visualmente, lembra muito a versão de Sin City para o cinema dirigida pelo Robert Rodriguez. O preto e branco é usado para criar cenas belíssimas que tornam interessantes até os momentos mais “parados” do filme. Economizaram nas cenas de ação, mas capricharam bastante nas poucas que fizeram, destaque absoluto para a perseguição frenética de carros nas ruas da velha Paris.

Curiosamente, o Karas é muito parecido com um personagem de outro filme ligado a França, o “Popeye” Doyle interpretado pelo Gene Hackman no ganhador do Oscar de Melhor Filme Operação França. Ele é um cara amargurado e violento que parece ter feito da profissão o centro da própria vida, um sujeito que precisa da violência para sobreviver. Ah, ele também descumpre ordens superiores e atira pelas costas =)

Quem gosta de filmes de investigação policial e de histórias ambientadas no futuro deve curtir, principalmente devido a técnica de animação bacanuda que deixa o filme bastante atrativo. É inegável, porém, que poderiam ter tido um pouco mais de cuidado com o roteiro.

Screenshots de Renaissance. Bacana, né?

Screenshots de Renaissance. Bacana, né?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s