Syriana – A Indústria do Petróleo (2005)

Padrão

Eu nunca fui fã de filmes ambientados no Oriente Médio, tanto porque acho o cenário cansativo quanto porque, sendo muito sincero, não tenho conhecimento suficiente sobre as questões que estão em jogo lá. Syriana até lida com um tema que mesmo nós leigos associamos facilmente a região, que é a questão do petróleo, mas faz isso de uma forma muito injusta com quem está assistindo, quase que obrigando o espectador a voltar ao filme uma segunda vez para compreender todas as subtramas que o filme articula.

Olhando de fora, a trama do filme não parece tão complicada. George Clooney (que aparentemente teve que ganhar alguns quilos para o papel e acabou recompensado com o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante) é um agente da CIA encarregado de matar um príncipe que deve ser nomeado Emir (rei) em seu país. O príncipe é uma daquelas almas inocentes que planejam usar o petróleo do país não para atender os interesses estrangeiros, mas para o bem da população, posição que ele afirma deixando os americanos chupando o dedo e fechando um contrato de fornecimento com uma empresa chinesa.

Pensando bem, é complicada sim. Essa tentativa minha de esboçar uma sinopse deixou de fora pelo menos uns 3 grupos de pessoas que aparecem dentro do filme. Muito personagens, muitos interesses em jogo e conspirações unem-se da forma mais complexa possível para mostrar que a busca pelo petróleo acabou institucionalizando a corrupção e a ganância nos países envolvidos.  Exige conhecimento das questões políticas relacionadas ao petróleo, tem uma narrativa que não preocupa-se em fechar todas as pontas e não usa cenas de ação para deixar o espectador respirar, se tu perder um diálogo há o risco de boiar depois. Syriana é indicado só para pessoas interessadas por política e que não vêem problema em ter que quebrar a cabeça para compreender a história. É o tipo de coisa que normalmente até é prazeroso, mas como trata-se de um tema ao qual eu não sou simpático, fico feliz por ter pegado o básico e não precisar assistir de novo.

Anúncios

»

  1. Pingback: Sicario: Terra de Ninguém (2015) | Já viu esse?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s